Dicas para aumentar a vida útil da bateria

Início » BLOG » Dicas para aumentar a vida útil da bateria

Aqui vai umas dicas e informações realmente úteis para aumentar a vida útil de suas baterias (no caso, falamos de smartphones, mas pode se estender a notebooks e outros eletrônicos que utilizem baterias de lítio). Deixar a bateria zerar ou não? Deixar carregando à noite? Vou guardar meu aparelho por um tempo, deixo ele carregado? Confira abaixo essas informações.

Baterias de lítio

As baterias de lítio são no momento essenciais para os smartphones e outros dispositivos que requerem pouca potência, pois elas são menores e mais leves do que outras tecnologias.

Elas podem ser construídas de modo a preencher eficientemente os espaços, se descarregam pouco quando não utilizadas (5% menos contra 20-30% de outras) e não sofrem o efeito da memória, portanto não precisamos carregá-la até ao máximo ou esperar que se descarregue para conectá-la à tomada.

Temperatura

O primeiro problema das baterias de lítio é a temperatura. Todas as baterias sofrem com o calor, mas as de lítio são particularmente sensíveis. Um exemplo é que as pessoas que moram em regiões mais frias têm baterias que duram mais do que quem mora em regiões tórridas.

Confira a seguinte tabela:

Temperatura de armazenamento 40% de carga 100% de carga
0 °C 2% de perda depois de 1 ano 6% de perda depois de 1 ano
25 °C 4% de perda depois de 1 ano 20% de perda depois de 1 ano
40 °C 15% de perda depois de 1 ano 35% de perda depois de 1 ano
60 °C 25% de perda depois de 1 ano 40% de perda depois de 1 ano

Fonte: batteryuniversity.com

A temperatura ótima de uso varia de 20 a 25º. Se quiser conservar uma bateria, é melhor deixá-la numa geladeira com 40% de carga (isso se a bateria for removível). Outra coisa importante é entender que ao carregar o telefone, ele geralmente esquenta, e se usá-lo, esquenta mais ainda, o que aumenta mais ainda o desgaste da bateria.

Sobrecarga

Além da temperatura, as nossas baterias sofrem muito com a sobrecarga. Quero dizer que, se carregadas com carregadores não oficiais e com correntes muito elevadas, podem pegar fogo ou explodir. Por isso em seu interior existem diversos circuitos de proteção.

Use apenas carregadores oficiais e não deixe o smartphone carregando por mais de 8-10 horas ou a noite toda, além do risco descrito acima, os elétrons ficam sem espaço para se movimentar, estressando a bateria e reduzindo também sua vida útil.

Descarga completa

As baterias de lítio podem ser danificadas irremediavelmente se chegarem a 0% de carga. Isso em parte é evitado por um sistema de segurança que desliga o telefone se a bateria chega a 5% (indicando, contudo, que está em 0%), mas ainda assim é perigoso chegar a níveis tão baixos – ela pode se exaurir de todo se não carregada.

Mantenha a carga entre 20 e 80%. Como já dito, essas baterias não sofrem com o problema da memória. É inclusive preferível fazer mais recargas que duram menos tempo do que uma apenas uma de maior duração.

Deterioração inevitável

O maior problema das baterias de lítio é que, mesmo se não forem utilizadas, elas passam pelo processo de deterioração, perdendo até 20% de carga por ano. Isso quer dizer que, mesmo quando conservadas da melhor maneira, depois de dois anos a sua capacidade será a metade, e com ela o tempo de funcionamento do nosso smartphone.

CONSELHO: não comprar baterias de reserva se não for extremamente necessário (e nesse caso conservá-la seguindo os conselhos precedentes a respeito da temperatura).

Conselhos para aumentar a duração da bateria do seu Android

Recapitulando as medidas a serem tomadas ou evitadas para otimizar a duração da sua bateria:

  • Carregue por períodos mais curtos e mais vezes a sua bateria;
  • Carregue-a num lugar fresco; nunca use o celular enquanto carrega;
  • Não deixe o smartphone carregando em cima da cama;
  • Não deixe a bateria se esgotar e não conserve-a descarregada;
  • Desconecte o carregador quando o carregamento estiver completo;
  • Não tente religar o celular se ele tiver desligado devido à baixa bateria.
  • Guarde sua bateria adequadamente se a mesma estiver fora de uso

Por fim, lembre-se de que após 2 ou 3 anos, talvez antes, a bateria deve ser trocada (por outra original) para que o tempo de uso possa ser novamente satisfatório.

Fonte e artigo na integra, acesse: androidpit

Dúvidas, elogios, críticas e/ou sugestões, deixe abaixo nos comentários.

Se gostou, compartilhe! Abraços

By | 2017-05-18T17:00:21+00:00 18 de maio de 2017|Tecnologia|0 Comentários

About the Author:

Ricardo Bicalho Andrade, trabalho na área de T.I. desde 2000, sempre fui autodidata, mas fiz algumas graduações para me formalizar no meio profissional, formei em Análise e Desenvolvimentos de Sistemas, dentre outras graduações. Sou apaixonado por tecnologia, fotografia e cosmologia; gamer casual (vida de adulto não é mole); [...]

Compartilhe isto com um amigo!